Limpeza de Radiador

Para que serve o sistema de arrefecimento automotivo?


SISTEMA DE ARREFECIMENTO

Após a limpeza, é feita a reposição dos fluídos com água destilada ou desmineralizada e aditivo para radiador que irá aumentar o ponto de ebulição e, consequentemente, melhorar a refrigeração do veículo. Além disso, fazemos verificação das mangueiras que transportam o líquido do radiador até o motor para garantir que não há vazamentos.



De quanto em quanto tempo a limpeza do sistema de arrefecimento deve ser feita?


A limpeza do sistema de arrefecimento ou limpeza do radiador deve obedecer às recomendações de cada fabricante descrita no manual do proprietário. No caso de carros clássicos ou antigos, o critério para realização da limpeza do sistema de arrefecimento deve ser ainda mais rigoroso para evitar vazamentos devido ao risco aumentado de ressecamento das borrachas desse sistema e de possíveis pontos de ferrugem no radiador. A verificação visual feita por profissionais experientes garante a orientação para uma decisão segura sobre a realização ou não deste serviço, caso a caso.


Vale ressaltar que fatores externos como o trânsito das grandes cidades aumentam a exigência do motor, resultando no aumento de sua temperatura. Veículos nessas condições estão mais sujeitos à redução precoce do fluído de arrefecimento, sendo comum a necessidade de completá-lo para que retome à quantidade adequada.


Após a limpeza, é feita a reposição dos fluídos com água destilada ou desmineralizada e aditivo para radiador que irá aumentar o ponto de ebulição e, consequentemente, melhorar a refrigeração do veículo. Além disso, fazemos verificação das mangueiras que transportam o líquido do radiador até o motor para garantir que não há vazamentos.



O que fazer se o motor esquentar?


Inúmeros fatores podem causar o superaquecimento do motor, com potenciais danos ao veículo incluindo o vazamento do fluído de arrefecimento. Atualmente, a maioria dos carros permite identificar rapidamente o problema por meio de alertas exibidos no painel do veículo e alterações no termômetro. Aos motoristas mais distraídos ou proprietários de veículos que não contam com tais facilidades, a fumaça pode ser o alerta derradeiro. Em nenhum desses casos seguir dirigindo é uma opção. Ligue o pisca-alerta e procure um lugar seguro para estacionar e aguardar o motor esfriar. Enquanto isto, entre em contato com sua seguradora ou serviço de reboque. E vale ressaltar: jamais tente abrir a tampa do radiador pois além de não garantir precisão no diagnóstico do problema ainda poderá acarretar graves queimaduras.